quinta-feira, 26 de março de 2009

Mais um raio que cai na Vila Belmiro

Contrariando todas as previsões pessimistas que cercam atualmente o futebol, novamente o Santos nos brinda com um talento raro, daqueles jogadores que impressionam pela ousadia e habilidades cada vez mais escassas. Ah, Neymar! Que prazer vê-lo jogar. Que alegria é saber que o futebol ainda pode me fazer sorrir. Esse Santos tem oscilado, mas joga bonito demais...literalmente, enche os olhos de quem vê: enche de alegria, de saudade de uma época onde o Brasil era mesmo o país do futebol, enche de lágrimas, enche de surpresa. Pode não dar em nada esse time, mas ainda assim terá valido a pena. Outros torcedores costumam não entender como os santistas se contentam com tão pouco...ah, se eles soubessem...ah, se eles pudessem...ah, se eles tivessem...procuramos sempre dar espetáculo, que as vitórias sejam consequência do trabalho bem realizado. Não importa se perdemos, mas se podemos no dia seguinte vestir a camisa e encher o peito de orgulho pelo futebol-arte demonstrado. E disso não posso me queixar, ainda bem...
Neymar o Paulo Henrique (o Ganso) relembram os melhores momentos que o Santos já proporcionou a esse país. Ganso tem a categoria e o talento do nosso eterno messias Giovanni, e Neymar a habilidade e talento de Robinho, mas com a inteligência de alguém ainda maior...
Ah, garotos, voces bem que podiam mudar a história do futebol brasileiro, retormar os velhos tempos, onde os craques faziam história pelos clubes que o revelaram...dane-se a Europa! O futebol é aqui! Vocês poderiam ser os novos Marcos e Rogério Ceni, que tal?
Bom, enquanto os euros não lhes seduzem, vou aproveitando cada lance, cada jogada, cada drible pra sorrir um pouquinho e sonhar com uma consequência a altura dessa magia que vocês desfilam em campo. Só lamento que a tv aberta mantenha essa postura de ignorar o maior campeão brasileiro até hoje (dessa vez, será reconhecido: Santos octacampeão). Vai pra cima deles, Santos!

Um comentário:

Clau disse...

Tenho que reconhecer, é mágico ser santista, uma mistura de sonho-melancolia-esperança-e beleza...rs. Imagina se o Fadul, feliz proprietário do UTOPIAS JUVENIS,torceria para outro time? jamais!!
Lindo texto, pra dizer o mínimo. Agora, olha aqui seu santista, deixa de ser preguiçoso: Post mais!!
Saudadessssss